O lançamento oficial do Projeto Plante Rio ocorreu em evento para convidados no dia 4 de outubro as 19h00 na Galeria Sala Florença da Usina de Inovação, localizado no bairro Monte Alegre.

O lançamento oficial do Projeto Plante Rio ocorreu em evento para convidados no dia 4 de outubro as 19h00 na Galeria Sala Florença da Usina de Inovação, localizado no bairro Monte Alegre.

O projeto surge a partir da intenção de recuperar não só o patrimônio arquitetônico do bairro histórico do Monte Alegre, mas também seu belo patrimônio ambiental levando em conta a configuração natural do local antes mesmo das intervenções da própria Usina, por isso não se trata de um reflorestamento convencional mas sim uma restauração com proposito fundamental de promover impactos ambientais sociais e econômicos positivos, tornando-se modelo para Piracicaba e região.

Segundo o Engenheiro Agrônomo Responsável pela implantação, João Marcelo Elias, entre os principais benefícios ambientais está a consolidação de uma importante unidade de conservação em ambiente urbano que permitirá conectar o local a outros fragmentos florestais, favorecendo o fluxo gênico de espécies animais silvestres e florestais.

O Projeto será coordenado pelo Instituto Terra Vida, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) amparada pela Lei 9.790 dedicada a promoção da sustentabilidade e responsabilidade social.

Hoje o Instituto Terra Vida está residente no ambiente coworking da Usina de Inovação Monte Alegre. “Esta interação conosco tem proporcionado o desenvolvimento de inciativas que fortalecerão o caráter sustentável de nosso projeto, que sempre considerou na visão arquitetônica aspectos como green building e smart cities, sempre integrado os patrimônios históricos e naturais”. Afirmou Balu Guidotti.

O Projeto será executado em fases e a etapa inicial de plantio terá duração de 6 meses e as manutenções para a consolidação da Floresta mais 30 meses, portanto, com a entrega definitiva das unidades de conservação em 3 anos.

Estão previstas ações como a consolidação de uma rede de parceiros, construção de um viveiro de mudas no local, identificação e divulgação online dos lotes plantados para acompanhamento da evolução do projeto, criação de uma agenda de educação ambiental em parceria com Usina de Inovação e a realização de eventos para participação voluntária visando envolver a comunidade.

Em parceria com a SEMTRE, Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, Instituto Terra Vida propõe o Programa de Inclusão Sócio Ambiental com o Curso Profissionalizante de Plantadores de Floresta, gerando a oportunidade de emprego, renda e inclusão social por meio da capacitação profissional para prestação de serviços ambientais de reflorestamento.

O programa de capacitação terá a duração de 3 meses com atividades técnicas, teóricas na Usina de Inovação e as práticas na área de plantio.

Para fazer a sua doação


Depósito Bancário

Banco do Brasil: 001
Agência: 0056
Conta Corrente: 52.979-6
CNPJ: 07.815.906/0001-03


Internacional

Swift: BRASBRRJSBO
IBAN: BR9400000000000 560000529796 C1

Com Pagseguro UOL:




Saiba como Doar


O doador pessoa física pode contribuir com o projeto por depósito em conta corrente e pelos meios de pagamento eletrônico Pagseguro. Esclarecemos que, para fins de declaração do imposto de renda, a pessoa física doadora poderá incluir os valores doados na relação de “Pagamentos e Doações” no formulário de declaração completa, utilizando o código “Outros”.

Caso sua empresa esteja sujeita ao regime de tributação por lucro real, a pessoa jurídica poderá deduzir, como despesa operacional, o valor doado do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre Lucro Líquido, até o limite de 2% do lucro operacional, antes de computada a dedução da doação. Assim, este benefício não está disponível para as empresas que recolhem tributos sob o regime de lucro presumido ou arbitrado, nem quando adotarem o regime do Simples. Esse incentivo fiscal tem fundamento legal no art. 59, da Medida Provisória 2.158-35/2001 e no art. 13, §2º, III, Lei 9.249/1995.